Os presidentes das Câmaras Municipais de Ovar e Espinho, Salvador Malheiro e Pinto Moreira, foram surpreendidos com a apresentação da empreitada e respetivo lançamento do concurso público da Modernização do troço Valadares/Gaia da Linha do Norte, ficando, uma vez mais, adiado o troço Ovar/Espinho. Esta apresentação teve lugar na Estação Ferroviária General Torres e contou com a presença do Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

Na causa da surpresa e da indignação está a promessa já antiga e há muito ansiada pelas populações de Modernização da Linha do Norte nestes dois Municípios, inclusive por questões de proteção e segurança, tendo estas intervenções vindo a ser realizadas no sentido sul-norte.

Os autarcas não escondem a sua indignação, não compreendendo como se “saltam” dois territórios e se prossegue com a obra no Município de Gaia, deixando para trás a intervenção na ferrovia de Ovar/Espinho.

Salvador Malheiro, presidente da câmara de Ovar, diz à RCF que, já existiam indícios que a obra poderia ser adiada, vindo agora a confirmar-se.