Está aí mais uma edição do festival “Danças do Mundo” promovido pela associação CASA DA GAIA – Centro de Cultura Desporto e Recreio de Argoncilhe e que vai decorrer de 20 a 30 de julho.

O festival que percorre varias freguesias do concelho e outros municípios, vai já na sua 39ª edição e, constitui, um dos eventos de animação turística mais aguardados e de maior qualidade do país.

O “Danças do Mundo” é uma mistura de culturas onde predomina a amizade, a alegria e a tradição. Este ano, à semelhança de edições anteriores, são sete as presenças internacionais: Servia, México, Lituânia, Colômbia, Espanha, Chile, Canadá e Portugal.

Miguel Tavares, da Casa da Gaia, começa por revelar que a gala de abertura vai acontecer pela primeira vez na sede do concelho, na pedreira das penas no centro da cidade

Durante os dez dias de estadia, são vários os pontos turísticos visitados pela comitiva, proporcionando um importante impulso à economia local.

São cada vez mais os voluntários que se candidatam a dar o seu contributo ao evento e, este ano, não foge à regra.

Domingos Florim, director do festival, acredita que este ano o número de espectadores vai ser ainda maior.

Um evento que tem saído para fora das fronteiras do concelho, condição essencial para que haja sustentabilidade.