O cineteatro António Lamoso recebe a partir de amanhã, quarta-feira e até domingo, o ciclo de teatro de marionetas de Portugal e Espanha inserido na V capital da cultura do eixo atlântico que decorre em Santa Maria da Feira.

Durante cinco dias, e sempre com entrada gratuita, o novo ciclo de teatro co-produzido pela companhia Marionetas da Feira e pela autarquia levará ainda ao palco do Cineteatro António Lamoso uma exposição de fantoches de quatro países, uma oficina para pais e filhos sobre o processo de concepção desses bonecos, uma tertúlia com sete criadores de títeres e ainda a exibição de um documentário de Edgar Merina alusivo ao tema.

O vereador da cultura do município, Gil Ferreira, salienta que este ciclo vai servir para criar conexões e abrir novas oportunidades.

Marionetas da Feira, S.A. Marionetas, Títeres Alakrán e Taetro Cachiruto são os colectivos que representarão o território do Eixo Atlântico nesta primeira edição do evento, que irá evidenciar “a ligação existente entre a raiz popular das marionetas portuguesas e a origem tradicional das galegas” – umas e outras evoluindo a partir do Teatro Dom Roberto surgido em terras lusas no século XVII.

No que se refere às propostas com origem em Portugal, a companhia Marionetas da Feira irá ter em cena os espectáculos Objetosfera e O castelo assombrado + O Zé do telhado, enquanto a S.A. Marionetas levará ao palco ETC.

Rui Sousa desvenda o programa para os cinco dias do evento onde cada momento é diferente.