A adaptação inédita para ópera do poema “Tabacaria”, de Álvaro de Campos (heterónimo de Fernando Pessoa) sobe ao palco da Casa da Criatividade, no sábado, dia 17, às 22h00, num espetáculo inserido na programação da Campanha Poesia à Mesa, evento que decorre em S. João da Madeira ao longo do mês de março.

Esta ópera para barítono, soprano e ensemble resulta de uma abordagem contemporânea a um dos mais conhecidos poemas da obra de Pessoa e tem tendo como temas centrais “a estranheza da existência e a incompreensão do real”, como se pode ler no site da companhia Inestética, responsável por esta produção.

Com “Tabacaria”, S. João da Madeira vai receber uma ópera pela primeira vez, estando a interpretação está a cargo do barítono Rui Baeta e da soprano Inês Simões, acompanhados por um ensemble constituído por Daniela Pinheiro (flauta), Catherine Stockwell (fagote), Magda Pinto (viola) e Sofia Azevedo (violoncelo).

Espetáculo inovador e criativo, “Tabacaria” é a terceira produção da Inestética no domínio da ópera contemporânea, da autoria da dupla Luís Soldado / Alexandre Lyra Leite, que já apresentaram “Serei Eu Fugindo?” (2013), com libreto de Rui Zink, e “O Corvo” (2015), a partir de Edgar de Allan Poe, editado em CD.