O vereador do partido socialista Délio Carquejo mostra-se preocupado por, passado um mês de ter levantado a questão sobre a queda da tijoleira na habitação social de Lobão, ainda nada ter sido feito para minimizar o problema. O socialista apelou na última reunião de câmara a que, pelo menos, sejam tomadas medidas preventivas antes que aconteça alguma fatalidade.” Parece-nos grave não se notar nenhuma intervenção, decorrido este tempo, podendo a queda de tijoleiras nos edifícios ferir alguém ou provocar danos”, alerta.

Delio carquejo entende que a obra não é de grande envergadura podendo o município resolver a questão com um ajuste directo se necessário for.” Não existindo condições para esta urbanização entrar em concurso para financiamento de obra, tem o município a possibilidade de fazer ajuste directo e salvaguardar a área e as infiltrações que possam surgir”.

O vereador das obras municipais, Topa Gomes,  lembra que o edifício em causa não consta das intervenções prioritárias da câmara, prontificando-se para já a sinalizar o local para evitar qualquer acidente. “No imediato no âmbito da protecção civil pode sinalizar-se a área para as pessoas se afastarem ao circular naquela zona”, acrescentando que as intervenções efectuadas nos outros edifícios foram por uma questão de antiguidade, sendo o passo seguinte, “com horizonte razoável, intervir também nas restantes habitações sociais”.