Portugal registou a primeira morte de uma pessoa infetada com o novo coronavírus, anunciou hoje a ministra da Saúde, Marta Temido.

Trata-se de um homem de 80 anos, que tinha “várias patologias associadas” e estava internado há vários dias, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, disse a ministra, que transmitiu as condolências à família e amigos.

O anúncio foi feito numa conferência de imprensa em Lisboa, no Ministério da Saúde, na presença também da diretora geral da Saúde, Graça Freitas.

Marta Temido disse que era um momento de “pesar e de reflexão”, pelo que a conferência de imprensa seria muito curta.

A ministra agradeceu aos profissionais de saúde do Hospital de Santa Maria no apoio ao doente e agradeceu também a todos os profissionais de saúde “pelo enorme esforço diário” para garantir que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) continua a funcionar.

Em Portugal, 331 pessoas foram infetadas até hoje com o vírus da pandemia Covid-19, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 6.500 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 75 mil recuperaram da doença.