O Tribunal de Contas (TC) deu “parecer favorável” à obra de ligação de Escariz à A32, anunciou a Câmara Municipal de Arouca. “Foi dado mais um passo no processo de construção da ligação do Parque de Negócios de Escariz à A32 e que possibilitará dar continuidade à variante de ligação aos grandes eixos viários do litoral”, refere a autarquia.

Prevê-se que a consignação do troço Escariz-A32 da variante à EN 326 tenha lugar “ainda no decurso do primeiro semestre do corrente ano”, esclarece a Infraestruturas de Portugal.

Nesta altura, prossegue o processo de expropriação dos terrenos da rodovia que é aguardada há muito para completar o acesso ao litoral.

A empreitada tem o custo de 30, 4 milhões de euros, com o concurso público a ser ganho pelo consórcio Ferrovial Agroman, S.A. / Alberto Couto Alves, S.A.

O prazo de execução é de 870 dias, a contar da data da consignação.

Foto: C.M. Arouca