Santa Maria da Feira está entre as quatro cidades portuguesas elogiadas pelo projecto Ative Citizens, no âmbito das boas práticas no combate à pandemia Covid-19.

O projeto Active Citizens é liderado pela cidade de Agen (FR) e tem como cidades parceiras, além de Santa Maria da Feira, Bistriat (RO), Cento (IT), Dinslaken (DE), Hradec Kralové (CZ), Saint-Quentin (FR) e Tartu (EE).

Active Citizens cria uma rede de cidades que desejam enfrentar os desafios da governação local, nomeadamente a promoção da democracia participativa, numa abordagem intergeracional e digital, incentivando a participação do cidadão e o uso de novas tecnologias, no processo de cocriação e na tomada da decisão local. Nesse sentido, foi criado um mapa colaborativo da URBact, onde é possível aceder aos concelhos distinguidos, nos quais se destacam no território português, Santa Maria da Feira, Vila Nova de Famalicão, Viana do Castelo e Amarante.

Os analistas realçam o desempenho do concelho feirense, na adopção de medidas elencadas no mapa colaborativo da URBact, onde se evidencia a criação de máscaras comunitárias, a integração de voluntários em diferentes projetos municipais de apoio social, além das doações aos profissionais de saúde do Hospital S. Sebastião.

O presidente do município, Emidio Sousa, mostra-se orgulhoso com este reconhecimento, sublinhando que “esta distinção resulta de um trabalho alargado de uma vasta equipa e da comunidade, imbuída de um grande espirito solidário”.

O autarca refere que, o município feirense tem pautado a sua “actuaçao pela discrição, resolvendo problemas novos com muita eficácia”.

Os empresários e muitos voluntários agarraram, desde a primeira hora, o desafio da autarquia “de reinventar-se e a direcionar a sua produção para os equipamentos de protecção necessários para quem sempre esteve na linha da frente de combate à pandemia”, lembra o edil.

O programa online ‘QuarenTEEN | Chá das 5 com…’, dinamizado pela autarquia, onde são efectuadas e transmitidas entrevistas semanais com diferentes personalidades, que analisam a situação atual do mundo, é também uma das vertentes salientadas.

As linhas telefónicas de apoio à comunidade de Apoio Sintomas Covid-19, Apoio Social, Apoio Psicológico, Apoio à Comunidade Surda, Apoio aos Empresários e Apoio Edufeira@Pais – são também enaltecidas.

Por último, referência ainda para os centros de testes a funcionar no concelho, nomeadamente, o Centro de Testes, no Europarque-, Laboratório Germano de Sousa; Centro de Testes na Unidade de Saúde de Mozelos -, assegurado pelo ACES Feira/Arouca; e o Centro de Testes, em Fiães- através do Centro Médico da Praça.

Emídio Sousa deixa um apelo final: “ Este reconhecimento só nos deve incentivar a não baixar a guarda, regressando à nossa vida com a normalidade possível, seguindo as recomendações da DGS”, reforça.

Foto: DR