Profissionais do S. Sebastião já estão a ser vacinados

Dez 29, 2020

Era 8h40 desta terça-feira, quando foi administrada a primeira vacina contra a Covid19 no Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga em Santa Maria da Feira.

Sandra Silva, enfermeira no serviço de medicina interna, Osvaldo Silva, enfermeiro no serviço de urgência e Miguel Dimas, assistente operacional do serviço de urgência, foram os primeiros profissionais a serem vacinados.

Este hospital recebeu 595 doses que serão administradas entre o dia de hoje e amanhã, abrangendo o procedimento, quase um terço dos 1.900 trabalhadores da unidade, que, enquanto estrutura de referência para cerca de 350.000 utentes da região, serve, não apenas as comunidades dos concelhos da Feira, Azeméis e São João da Madeira, mas também as de Arouca, Vale de Cambra e Ovar.

Entre os 595 profissionais selecionados para a fase inicial de inoculação incluem-se os que exercem funções na Unidade de Cuidados Intensivos, no serviço de Urgência e nas alas de internamento específicas para doentes com covid-19 – “de acordo com os critérios de prioridade definidos pela Direção-Geral da Saúde”.

Quanto aos profissionais não-abrangidos pelo primeiro estágio de administração da substância imunitária contra o vírus SARS-CoV-2, a mesma fonte hospitalar adianta: “Contar receber mais doses ainda em janeiro para depois vacinar os restantes profissionais, mas isso dependerá sempre das quantidades que  forem atribuídas pelo Ministério da Saúde, que é a entidade que controla a distribuição”.

A direção do CHEDV remeteu sábado à generalidade dos seus profissionais um inquérito sobre a respetiva recetividade à vacinação, tendo 50% dos auscultados respondido ao questionário no prazo de 24 horas. Com base nas respostas recolhidas até domingo, a administração informa agora: “que 97% dessas pessoas querem efetivamente tomar a vacina”.

Foto:DR

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *