Regras “apertadas” na Festa das Fogaceiras

Jan 11, 2022

O programa oficial da Festa das Fogaceiras – Cortejo Cívico, Missa Solene e Procissão – mantém-se, mas com um número muito reduzido de participantes em cada um dos momentos, acautelando-se todas as recomendações da DGS e respeitando as medidas impostas pelo Governo.

No dia 20 de janeiro, a tradição com mais de 500 anos volta a cumprir-se em Santa Maria da Feira, com o tradicional Cortejo Cívico, às 10h30, com apenas 31 meninas fogaceiras, entre os Paços do Concelho e a Igreja Matriz; a Missa Solene com bênção das fogaças, às 11h00, na Igreja Matriz, presidida pelo Bispo Auxiliar Emérito do Porto, D. António Taipa; e, no período da tarde, às 15h30, a Procissão.

“Dado o atual contexto pandémico e considerando a lotação limitada da Igreja Matriz (que por determinação da Diocese tem a lotação reduzida a 100 pessoas), a organização da Festa das Fogaceiras decidiu selecionar apenas uma menina fogaceira por freguesia, ao invés das quatro inicialmente previstas, numa lógica de representatividade de todo o concelho de Santa Maria da Feira. A seleção teve por base a ordem de inscrição de cada menina”, explica a autarquia.

A Missa Solene de Bênção das Fogaças vai ser transmitida, em directo, como já é tradição, pela Rádio Clube da Feira.

Também a câmara assegura a transmissão da celebração da eucaristia, em direto, “para que todos os devotos a S. Sebastião, em Portugal e no Mundo, possam assistir”.

A população que queira participar na Missa Solene pode fazê-lo, respeitando a lotação limitada da Igreja (que terá disponíveis apenas 50 lugares para os participantes da eucaristia da comunidade em geral). Para garantir uma maior segurança a esta festividade, a Câmara Municipal disponibiliza, nas imediações da Igreja Matriz, um espaço para que os devotos possam realizar o seu teste à COVID-19 antes da entrada na igreja.

A Câmara Municipal assegura também, a testagem de todos os elementos que integram oficialmente a Festa das Fogaceiras 2022.

O programa do dia 20 de janeiro termina, às 21h30, no cineteatro António Lamoso,  com um espetáculo de teatro-revista de sátira e comédia “Ensaio Geral”,  através do Centro de Cultura e Recreio do Orfeão da Feira.  

Foto:DR

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *