Casa da Música “regressa” à Feira com cultura para todos e envolve Casa Ozanam

Out 12, 2022

O projeto Holograma – Cultura para Todos, já na sua 2ª edição, abre a programação da Casa da Música e chega a Santa Maria da Feira no final do mês de outubro, com espetáculos educativos, mas também com propostas para famílias. O concerto “Novos Talentos” em música não erudita, um espetáculo com “Ensemble Solistas” e uma nova criação artística protagonizada pelos utentes da Casa Ozanam, de São João de Ver são as propostas .

Cerca de 750 crianças do pré-escolar e do 1º ciclo do concelho vão assistir a quatro sessões dos espetáculos Les Feuilles Mortes e Bosques dos Sons, nos dias 27 e 28 de outubro. O Les Feuilles Mortes está também agendado para sábado, 29 de outubro, às 10h00 e às 11h30, para que as famílias possam ver e ouvir este concerto que privilegia o jazz. Dirigido também às famílias é o espetáculo Bosques dos Sons, no domingo, 30 de outubro, às 10h00 e às 11h30, um concerto inspirado nos sons da natureza e dos elementos.

Os utentes do Centro e Atividades e Capacitação para a Inclusão e da Estrutura Residencial para Pessoas Idosas da Casa Ozanam, IPSS de São João de Ver, irá protagonizar o concerto comunitário do Holograma – Cultura para Todos, apresentando em palco, nos dias 27 e 30 de outubro, às 17h00, o espetáculo “Felicidade: passaporte para sermos iguais a nós próprios”. Dirigido ao público em geral, este espetáculo é, como referem os utentes da Casa Ozanam, “uma viagem com vocês próprios, connosco e com todas as sensações em forma de felicidade que a música tem trazido para as nossas vidas”.

A iniciativa Novos Talentos da Casa da Música apresenta para o público em geral, no dia 28 de outubro, às 21h00, Sopa D’Urso, um sexteto que revela uma sonoridade pop-rock herdeira de alguns dos principais projetos portugueses revelados nas décadas de 80 e 90.

Ainda para o público em geral, está agendado para o dia 29 de outubro, às 21h00, o Recital com os Solistas da Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música. No alinhamento deste recital constam composições criadas em várias épocas, desde o século XVIII até aos nossos dias.

Todos os espetáculos acontecem no auditório do Cineteatro António Lamoso e têm entrada gratuita. No entanto, é necessária reserva de bilhetes.

Foto: DR

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Popup window