Edit Content
Search
Close this search box.
RCF
Rod Stewart I Don't Want To Talk About It
PROGRAMA
Serviço Nocturno
Foto: CM Feira
Rádio Clube da Feira

Rádio Clube da Feira

Câmara aposta na actividade física com mais de 100 mil euros

Câmara aposta na actividade física com mais de 100 mil euros

Até ao final de 2024, o Município de Santa Maria da Feira vai apoiar a realização de 163 iniciativas desportivas por todo o território concelhio, que visam combater o sedentarismo e promover estilos de vida saudáveis junto das populações. O investimento municipal nos programas de promoção da prática desportiva ultrapassa os 100 mil euros e contempla diferentes tipologias de apoios a uma preenchida agenda de atividades, dinamizadas por 65 entidades locais, nomeadamente juntas de freguesia, associações, clubes e grupos informais.

 Centrada nos três programas municipais de promoção da prática desportiva (“Run for Feira”, “Ciclismo para Todos” e “Eventos BTT”), a agenda anual foi apresentada em meados de fevereiro no Castelo da Feira e posteriormente distribuída em pontos estratégicos de todo o concelho, como reforço à promoção e divulgação do calendário de iniciativas junto das diferentes comunidades.

O “Run for Feira”, que desde o ano 2000 aposta na promoção da atividade física ao ar livre, vai dinamizar 144 ações ao longo de 2024, sendo o programa com maior número de iniciativas agendadas e de participantes esperados – em 2023 foram mais de 22 mil. As caminhadas “Andar a Pé” lideram o ranking de atividades em agenda, com 97 eventos programados até dezembro, seguindo-se as corridas de estrada (19) e os circuitos trail (12).

Quanto ao programa “Ciclismo para Todos”, lançado em 2001, promove este ano 13 iniciativas de cicloturismo e ciclismo popular, apoiando ainda eventos de referência para os amantes das duas rodas. Relativamente ao calendário de “Eventos BTT”, que está no terreno desde 2010, apresenta dez ações para concretizar ao longo deste ano.

Refira-se que, em 2023, foram mais de 24 mil os participantes envolvidos nos três programas municipais de promoção da prática desportiva, número que deverá ser ultrapassado nesta edição, considerando o aumento das atividades em agenda – mais onze do que no ano passado – e o crescente envolvimento de grupos informais nas iniciativas calendarizadas.

A experiência tem revelado que a concentração de todas as atividades desportivas numa agenda municipal fomenta a cooperação entre várias entidades envolvidas, permitindo ainda a otimização dos recursos e equipamentos de apoio às iniciativas e uma divulgação mais eficaz da oferta desportiva concelhia junto das diferentes faixas etárias, que se traduzem num aumento do número de participantes que combatem o sedentarismo e promovem estilos de vida saudáveis.