Edit Content
Search
Close this search box.
SOFIA RODRIGUES
Eagles Hotel California
PROGRAMA
Ainda não é Tarde 13 as 16
Feira Viva
Rádio Clube da Feira

Rádio Clube da Feira

Câmara distribui 375 mil euros através do PAC

Câmara distribui 375 mil euros através do PAC

A câmara municipal de Santa Maria da Feira abre todas as medidas do seu Programa de Apoio à Cultura. Com um investimento municipal global de 375 000 euros, associações e artistas independentes com sede, naturalidade, residência ou atuação no concelho podem candidatar os seus projetos e iniciativas culturais com impacto no território às Medidas 1 – criação local, Medida 2 – parcerias de programação e Medida 3 – apoio a atividades pontuais. 

 A chamada para apoio ao tecido associativo, através da Medida 2 – Parcerias de Programação, Subprograma 2.2. Anuais, aberta entre 1 de março e 1 de abril, é desdobrada em duas áreas de intervenção estratégicas e prioritárias. Uma envolvendo as atividades de programação/oferta cultural anual das associações, outra dirigida à formação, capacitação e qualificação dos agentes associativos do território, num envelope financeiro de 200 000 euros. Elevar, qualificar e estimular as associações para a sistematização da programação é aposta estratégica desta edição do Programa de Apoio à Cultura”, lê-se numa nota do município. 

 A Medida 3 Apoios Pontuais – Procedimento Simplificado mantém-se, simplificando a forma de apresentação de candidaturas, e pretende apoiar as associações na aquisição, aluguer de bens, serviços, equipamentos ou materiais, a realizar até 31 de dezembro de 2024, ou até esgotar a dotação financeira de 75 000 euros, considerando dois prazos intermédios de submissão e análise de candidaturas. O primeiro prazo é entre 1 de março e 30 de abril e o segundo prazo entre 8 de julho e 15 de outubro.

Numa estratégia de planeamento e antecipação, a abertura das candidaturas à Medida 1 – Criação Local, Subprogramas 1.1 Pessoas Coletivas e 1.2 Pessoas Singulares acontece entre 1 de abril e 28 de junho, para atividades a implementar no ano de 2025, com um investimento de 100 000 euros.